Como Impôr Rotinas ao Bebé?

Os pais são os principais introdutores de rotinas na vida do bebé, no entanto esta não é tarefa fácil e exige tempo, paciência, dedicação e consistência, no entanto vamos dar-lhe alguma dicas sobre como facilitar o seu trabalho a curto/médio prazo.

O bebé é como se fosse uma folha em branco, ou seja, facilmente se habitua e interioriza as rotinas da família, no entanto é necessária muita consistência e preserverança da parte dos pais, para que realmente o bebé consiga interioriorizar “as suas tarefas”, como se diz na gíria “de pequenino é que se torce o pepino”.

Vamos começar pelos hábitos de sono, talvez um dos mais temidos (e com razão) pelos pais, uma vez que a privação de sono no bebé pode comprometer o seu crescimento saudável e nos pais pode alterar o seu estado de humor, compreensão e discernimento.

Ao contrário do que muito pais possam pensar é importante deitar cedo o seu bebé, este deve dormir cerca de 10-12 horas por noite, pois é neste tempo que se liberta a hormona de crescimento. Obviamente que um recém-nascido não pode, nem deve estar tantas horas sem comer, mas começar por lhe apresentar a sua cama, deitá-lo sempre à mesma hora, entre as 19-19h30, já é exequível. Mais tarde, gradualmente o bebé vai precisando de acordar menos vezes durante a noite.

Também durante o dia é importante que pelo menos as sestas principais, a meio da manhã e da tarde, sejam feitas no seu berço, com o ambiente mais escurecido. Não se esqueça que é importante que o seu bebé não se habitue a dormir com a sua mão, ou a mexer-lhe no cabelo, ele deve estar na sua caminha e você é a companhia dele até adormecer.

Os hábitos de higiene vão acompanhar o seu filho pelo resto da vida e devem ser momentos agradáveis e de relaxamento tanto para pais como para filhos. É no banho que o seu bebé começa a fazer as primeiras interações com a água, a testar os movimentos do seu corpo, é um momento para usufruir da companhia dos seus papás.

Frequentemente os pais escolhem dar o banho diáriamente, mais ao final da tarde, fazendo assim a ponte para a rotina do sono da noite, bem temperada com uma boa massagem relaxante e com uma música ambiente calma e tranquilizante. Não deve esquecer os hábitos de higiene oral, pois ajuda à prevenção do aparecimento de cáries, e deve ser realizada pelo menos 2 vezes ao dia.

Os hábitos de bricadeira são fundamentais para que o seu bebé cresça e se desenvolva cognitiva, fisica e socialmente. Se não o ensinar a brincar ele não vai saber como fazê-lo, dê-lhe espaço para que ele tenha brincadeiras sozinho e também tempo consigo, para que se divirtam os dois. Não é preciso ter muito brinquedos, apenas alguns (2 ou 3) que sejam indicados para a idade do seu bebé, as crianças gostam de repetição. Por isso quando introduzir a rotina não se esqueça de incluir passeios ao ar livre e tempo para as brincadeiras.

Os hábitos alimentares já vêm introduzidos desde a vida in-útero, através da alimentação da mãe, daí ser tão importante comer em qualidade e não em quantidade na gravidez. O mesmo é verídico durante a amamentação, o sabor e o odor da alimentação da mãe passa para o bebé através do leite materno, fazendo já uma “pré-introdução dos alimentos” se lhe pudemos chamar assim.

Com o tempo será importante introduzir horários para as refeições, diminuir o consumo de açucares simples, aumentar o consumo de verduras e frutas, optar por confeções saudáveis e até introduzir a prática de exercício físico. Pode inclusivamente fazer uma planificação do dia do seu bebé, para lhe facilitar a vida ou mesmo se ficar alguém a tomar conta dele, será mais fácil manter a rotina que estipulou para o seu filhote. mas tem tempo, o importante é que aproveite cada etapa da vida do seu tesouro.


Por Susana Carvalho de Oliveira
Enfermeira Especialista em Saúde Materna e Obstétrica
Parteira de profissão e de coração desde 2011. Impulsionadora e diretora do projeto VouNascer. Desde 2006 que trabalha na área de obstetrícia, primeiramente no internamento de obstetrícia de um hospital privado, da área da grande Lisboa, e atualmente no bloco de partos e urgência obstétrica de um hospital público. É também conselheira em aleitamento materno reconhecida pela OMS/UNICEF, reflexologista na área da gravidez e parto, e co-autora do Método Nova-Génese. Empreendedora e dedicada de natureza. Tem 2 filhos rapazes que todos os dias lhe recordam as alegrias da maternidade.

Comentários

Ao escolher o seu país inscreve-se na nossa newsletter para receber as últimas informações sobre maternidade, descontos e novidades.

Ops! Ocorreu um erro

Por alguma razão não foi possível colocar o seu comentário.
Por favor tente mais tarde!

Fechar

O seu comentário foi enviado!

Em breve ficará disponível. Obrigado!

Voltar à Homepage