O Meu Bebé Tem Prisão de Ventre

A obstipação, ou prisão de ventre, é um problema que afeta alguns recém-nascidos, nomeadamente os prematuros, conheça alguns truques e dicas para aliviar este desconforto.

Cada bebé tem o seu próprio trânsito intestinal, tal como qualquer adulto, isto depende da alimentação, da atividade e do próprio funcionamento e metabolismo do corpo. No entanto, recomenda-se que o recém-nascido, no primeiro mês, evacue pelo menos uma vez de 24 em 24 horas.

Habitualmente, um recém-nascido que faz aleitamento materno exclusivo tem mais facilidade em evacuar, pois o leite materno possui um laxante natural. Por sua vez um bebé que faz apenas leite artificial pode ter mais dificuldade, evacuando apenas uma vez ao dia.

Truques para ajudar bebés com prisão de ventre a evacuar

  • Descarte a hipótese de erro de preparação do biberão (para 30ml de água fervida colocar uma colher medida de leite em pó rasa) ou do leite não ser adequado à idade do bebé (verifique se a idade do seu bebé correponde à idade mencionada na lata), caso faça leite artificial;
  • Faça uma massagem na barriga no sentido dos ponteiros do relógio, esta ajuda na mobilização das fezes pelo intestino grosso para ser mais fácil a sua expulsão;
  • Se verificar que o seu bebé se encontra frequentemente obstipado e com dificuldade em evacuar fale com um profissional de saúde. Pode haver necessidade de fazer um laxante suave, para regularizar o trânsito intestinal.Faça uma estimulação anal, caso a massagem não seja suficiente. Utilize a cânula de um micro clister, lubrifique a ponta, para evitar traumatismos da mucosa anal, introduza no ânus e faça movimentos circulares de pouca amplitude para estimular;
  • Aplique um micro clister, em último caso. Introduza a cânula no rabo do bebé, aperte para introduzir o gel no ânus, retire a cânula sem desfazer a pressão, para o gel não retornar à bisnaga, e pressione as nádegas uma contra a outra, para que o bebé não expulse o gel de imediato.

Por Susana Carvalho de Oliveira
Enfermeira Especialista em Saúde Materna e Obstétrica
Parteira de profissão e de coração desde 2011. Impulsionadora e diretora do projeto VouNascer. Desde 2006 que trabalha na área de obstetrícia, primeiramente no internamento de obstetrícia de um hospital privado, da área da grande Lisboa, e atualmente no bloco de partos e urgência obstétrica de um hospital público. É também conselheira em aleitamento materno reconhecida pela OMS/UNICEF, reflexologista na área da gravidez e parto, e co-autora do Método Nova-Génese. Empreendedora e dedicada de natureza. Tem 2 filhos rapazes que todos os dias lhe recordam as alegrias da maternidade.

Comentários

Ao escolher o seu país inscreve-se na nossa newsletter para receber as últimas informações sobre maternidade, descontos e novidades.

Ops! Ocorreu um erro

Por alguma razão não foi possível colocar o seu comentário.
Por favor tente mais tarde!

Fechar

O seu comentário foi enviado!

Em breve ficará disponível. Obrigado!

Voltar à Homepage

Ivo 04/15/17 12:17am
Olá,
Antes de mais obrigado pelo artigo!
O meu pequeno tem tido algumas dificuldades em evacuar. Aqui há uns dias, passado pouco mais de 72h fomos ao Centro de Saúde e estimularam-no com o a cânula do Bebegel, até que fez um cocozito. Entretanto mudámos logo o leite de fórmula para o Nan Confort, contudo não houve claras melhorias. Dois dias depois repetimos o procedimento da cânula em casa e ele voltou a evacuar ( fezes uma pouco mais moles que na vez anterior), passado 5 min até já estava a fazê-lo por si próprio.
No entanto, apesar de termos mudado o leite para o Confort e de termos passado a dar-lhe água ao longo do dia a situação não melhora, novamente 48h depois da última evacuação..ainda nada.
A minha dúvida é por quanto tempo costuma ser necessário estimular o bebé e que outras técnicas poderemos utilizar para promover a evacuação. Partimos do princípio de ser necessário porque ele é novinho (nasceu de 37 semanas) e por ter alguma obstipação.

Obrigado