O Que é a Icterícia?

A icterícia não é uma doença, mas sim uma manifestação da imaturidade do bebé.

Dá-se o nome de icterícia à coloração amarelada da pele e/ou das escleróticas(parte branca do olho). Esta ocorre em parte, devido à imaturidade do fígado em excretar um pigmento resultante da destruição dos glóbulos vermelhos, chamado de bilirrubina. O aumento deste pigmento a nível do sangue faz com que haja uma acumulação do mesmo a nível da pele, originando a icterícia.

Cerca de 80% dos recém-nascidos saudáveis apresentam icterícia fisiológica, que aparece por volta do 2º ou 3º dia de vida do bebé, na região do tronco e cara, tornando-se mais evidente por volta do 4º/5º dia de vida. E desaparece ao fim de uma ou duas semanas.

Existe outro tipo de icterícia, chamada a icterícia patológica, que é mais frequente nos recém-nascidos prematuros ou com incompatibilidade de sangue com a mãe, e que se torna visível, logo nas primeiras 24 a 48 horas.

O nível de icterícia é avaliado através de análises sanguíneas ou através de um aparelho, que mede a bilirrubina pelo contacto com a pele. Este último é o método preferencial por ser indolor para o bebé.

Como é que os pais podem reconhecer a icterícia no seu bebé?

  • Coloração da pele amarelada;
  • Escleróticas (parte branca dos olhos) amareladas.

Caso verifique que o seu bebé está ictérico certifique-se que os pés e as mãos mantêm uma coloração normal, se não, deverá levá-lo para ser observado por um profissional de saúde, pois pode necessitar de outro tipo de tratamento.

Como prevenir a icterícia?

  • Amamentar frequentemente;
  • Ajudar o bebé a evacuar, pois a bilirrubina é eliminada através das fezes.

Como se trata a icterícia?

Além das estratégias utilizadas para prevenir pode ser necessário recorrer a tratamentos específicos, realizados no hospital, tais como:

  • Através da fototerapia. Em que o recém-nascido é colocado sob uma luz fluorescente durante algumas horas ou dias. Durante o tratamento o bebé fica apenas com a fralda, para expor o máximo de superfície corporal à luz, e uns óculos próprios para proteger os olhos. A luz ajuda a converter a bilirrubina e rapidamente esta é excretada através das fezes;
  • Através do método de exsanguíneo transfusão, realizado em situações graves, mais raras. Este método consiste numa troca total ou parcial do sangue do recém-nascido através de uma transfusão sanguínea, para permitir uma rápida redução do nível de bilirrubina.

A icterícia é simplesmente um sinal da imaturidade do bebé, acontece muito frequentemente, e na maioria dos casos desaparece sem haver necessidade de tratamento.


Por Susana Carvalho de Oliveira
Enfermeira Especialista em Saúde Materna e Obstétrica
Parteira de profissão e de coração desde 2011. Impulsionadora e diretora do projeto VouNascer. Desde 2006 que trabalha na área de obstetrícia, primeiramente no internamento de obstetrícia de um hospital privado, da área da grande Lisboa, e atualmente no bloco de partos e urgência obstétrica de um hospital público. É também conselheira em aleitamento materno reconhecida pela OMS/UNICEF, reflexologista na área da gravidez e parto, e co-autora do Método Nova-Génese. Empreendedora e dedicada de natureza. Tem 2 filhos rapazes que todos os dias lhe recordam as alegrias da maternidade.

Comentários

Ao escolher o seu país inscreve-se na nossa newsletter para receber as últimas informações sobre maternidade, descontos e novidades.

Ops! Ocorreu um erro

Por alguma razão não foi possível colocar o seu comentário.
Por favor tente mais tarde!

Fechar

O seu comentário foi enviado!

Em breve ficará disponível. Obrigado!

Voltar à Homepage