4 Mecanismos para Acelerar o Parto

Os benefícios de um trabalho de parto espontâneo e de um parto vaginal, estão mais do que validados em muitos estudos científicos, no entanto, é importante que a mulher e o casal saibam como trabalhar em conjunto para que o desenrolar deste processo seja o mais natural e rápido possível.

Existem 4 estratégias que podem ajudá-la a desencadear ou a acelerar o trabalho de parto, no final da gravidez, caso não haja contra-indicação médica:O útero é um músculo que se contrai por ação de estímulos, sejam eles hormonais, tais como as prostaglandinas, ou mecânicos, como por exemplo esforços físicos. São estas contrações uterinas, que podem ou não ser dolorosas, que vão empurrar o bebé contra o colo do útero, causando um “repuxamento” do mesmo, de modo a que dilate.

  • Manter vida sexualmente activa – o esforço associado ao ato sexual combinado com a ação do sémen, no colo do útero, que tem na sua composição prostaglandinas, funcionam como um forte estímulo que pode levar à contração do útero. Também o facto da mulher se sentir desejada e atingir o orgasmo aumenta a segregação de ocitocina, uma hormona que vai igualmente estimular o útero a contrair-se;
  • Manter actividade física ligeira a moderada – realizar caminhadas ou simplesmente fazer a lide da casa exerce os músculos da parede abdominal e o útero também;
  • Favoreça a liberdade de movimentos (sempre que possível) – de uma maneira geral a mulher quando tem dor, não elege a posição de deitada como posição de conforto, vai sim escolhendo posições diferentes ao longo do trabalho de parto e movimentando a bacia para acomodar o seu bebé, que vai descendo sobre a pelve. As posições mais verticais e que permitem uma boa amplitude da bacia são naturalmente as mais confortáveis, e para além disso ainda potenciam a força da contração por associação à força da gravidade e ao peso do bebé sobre o colo do útero;
  • Utilize técnicas de relaxamento – a dor está inerente ao trabalho de parto, embora com grau e frequência diferentes de mulher para mulher, no entanto, a resposta à dor é habitualmente idêntica, isto é, para tentar defender-se da dor, a grávida cria tensão sobre os músculos do corpo. O que é necessário compreender, é que esta tensão vai produzir um aumento da pressão intra-uterina, por parte dos ligamentos à volta do útero contra os músculos que estão em contração, fazendo com que a perceção de dor aumente. O melhor, é aprender técnicas de relaxamento e de alívio da dor para evitar a tensão corporal no momento da contração, ou então, se for esse o seu desejo pode optar por fazer analgesia epidural.

As contrações são simplesmente o sinal de arranque de todo o processo de trabalho de parto, pelo que a mãe e o bebé têm um papel fundamental no desenrolar do mesmo. O bebé tem o seu caminho para fazer e através de movimentos próprios em consonância com as contrações ajuda a aumentar a pressão sobre o colo do útero. A mãe por sua vez pode adoptar estratégias facilitadoras e prazeirosas de conduzir ela própria o seu trabalho de parto, diminuindo a hipotese de ter um parto instrumentado.

Estas técnicas são úteis não só quando está ainda numa fase inicial do trabalho de parto, de modo a que inicie a dilatação do colo, mas são igualmente importantes para acelerar o trabalho de parto quando este já está instalado, mas para isso é necessário que sejam faladas, desenvolvidas e treinadas com alguma antecedência. Fale com a equipa de enfermagem e médica que a assistir na sala de partos de modo a participar e ajudar à evolução do seu trabalho de parto.


Por Susana Carvalho de Oliveira
Enfermeira Especialista em Saúde Materna e Obstétrica
Parteira de profissão e de coração desde 2011. Impulsionadora e diretora do projeto VouNascer. Desde 2006 que trabalha na área de obstetrícia, primeiramente no internamento de obstetrícia de um hospital privado, da área da grande Lisboa, e atualmente no bloco de partos e urgência obstétrica de um hospital público. É também conselheira em aleitamento materno reconhecida pela OMS/UNICEF, reflexologista na área da gravidez e parto, e co-autora do Método Nova-Génese. Empreendedora e dedicada de natureza. Tem 2 filhos rapazes que todos os dias lhe recordam as alegrias da maternidade.

Comentários

Ao escolher o seu país inscreve-se na nossa newsletter para receber as últimas informações sobre maternidade, descontos e novidades.

Ops! Ocorreu um erro

Por alguma razão não foi possível colocar o seu comentário.
Por favor tente mais tarde!

Fechar

O seu comentário foi enviado!

Em breve ficará disponível. Obrigado!

Voltar à Homepage

vanessa santos 10/11/17 8:40pm
estou com 38 semana e tem oras qui meu bb se mexe a ae vem uma contraçao assim de paralisa a barriga fica dura so eo redor dele onde ele ta oqui devo fazer
Laura Gonçalves 08/20/17 5:42pm
Oie eu estou grávida de 39 semanas já dilatei 2 centímetros e meu tampão tá saindo com algumas rajadas de sangue tava sentido leves contrações mais agora sumiu será se eu devo procurar um médico
Jacqueline leonarda viana 07/20/17 12:23pm
Estou com 41 semanas e nada de contração. Estou muito.preocupada . O que fazer ??
Ca 07/10/17 8:04pm
Estou grávida de 40 semanas e até agora nada de contração, rolhão .. nada ..
Flavia Ferreira 07/08/17 4:40pm
Ola estou de 39 +2 dias ja deitei o relhao mocozo e ainda nada de contrações
erivanicy 06/28/17 6:28pm
Já estou com 38 semanas e 3 dias o que eu posso fazer pra eu começar a perder liquido
Vanessa 06/21/17 8:42pm
Oi boa tarde estou sentindo dores direto desde segunda estou com 30 semanas a dor vai e volta
E o meu bebé não mexe estou preocupada.
Mirelly 06/21/17 12:35am
Já estou de 41 semanas e 4 dias e nenhum sinal da dilatação
Luana 06/17/17 11:12pm
Estou de 41 semanas e nada de dilatação e nem contração queria dicas para ajudar ter contração e diltacao
Neide 06/16/17 3:34am
Estou com 38 semanas e 4 dia , estou muito feliz ☺ não vejo a hora Deus está no comando...
Rayane ramos bertoldo 05/30/17 1:51pm
Bom dia amiga
Beatriz Silva de assis 05/04/17 10:51pm
Estou com 38 semanas e 4 dias e estou com 3 dedos de dilatacao e meu tampão mucoso ja saiu e as dores colicas estão mt frequente e dando mt pressão no útero será que meu bb já está pra nascer
Tatiane 04/06/17 1:37am
Já estou com 39 semanas mas até agora não sinto nada ,nem uma cólica ,fazer caminhadas vai acelerar o nascimento da minha filha ?
Rayssa 03/28/17 2:45pm
Estou com 39 semanas e com muitas dores mais minha bebê nao nasce
sandra 03/17/17 12:15am
Estou gravida de 39 semanas hoje ajoelhei no chão pra rezar
Beatriz 03/07/17 9:43pm
Estou com 37 semanas estava sentindo cólicas bem fraquinha e resolvi ir ao médico chegando lá ontem ele me disse que eu estava com 2 pra 3 cm , 'mas durmi de ontem pra hj e até agora não sinto nada e normal isso ? Estou preocupada ...
joselia da Cruz de jesus 03/06/17 1:34am
Já estou com quarenta semanas e nada. Sinto apenas umas dores e njuadas e vou ao banheiro quase em três em treis minutos
Susana Carvalho de Oliveira 01/26/17 6:38pm
Talita,

Por aquilo que descreve também não consigo avaliar se é ou não trabalho de parto. Se está com dores dirija-se à urgência para que seja avaliada, pois com 33 semanas corre o risco de ter um parto prematuro.
Talita Pereira silva 01/25/17 3:28pm
Estou sentindo uma dor que não passa na minha última consulta eu tava com 33semana agora não sei ser já estou em trabalho de parto e ser já cheguei a nove