O Que Levar Para a Maternidade
Última revisão: 26 de Abril, 2013

A ida para a maternidade pode ser algo conturbada e, para evitar que alguma coisa fique esquecida, as malas da mãe e do bebé devem ser feitas com antecedência. Para facilitar a arrumação do que é necessário levar para si e para o bebé, é preferível arranjar 2 malas, uma para cada um.

Na mala da mamã:

  • Cartão de Cidadão;
  • Cartão de Identificação de Utente dos Serviços de Saúde e Cartão de Beneficiário do Seguro de Saúde (caso escolha ter o seu bebé numa maternidade privada);
  • Boletim de Saúde da Grávida;
  • Análises, ecografias e outros exames realizados durante a gravidez, principalmente os mais recentes;
  • Produtos de higiene pessoal;
  • Soutiens (número acima do que vestia na gravidez) e discos de amamentação;
  • Cuecas descartáveis e pensos higiénicos de grande absorção;
  • 4 camisas de dormir com abertura frontal para facilitar a amamentação, se assim o pretender;
  • Chinelos de quarto e outros para o banho;
  • Toalha de banho, caso a maternidade não forneça;
  • Roupas largas e confortáveis com as quais sairá da maternidade (não se esqueça que ainda terá barriguinha e estará um pouco dorida);
  • Relógio de pulso e/ou telemóvel para controlar as horas das mamadas e avisar a família do grande acontecimento;
  • Todo o material necessário para fazer reportagem de vídeo ou fotográfica de um dos momentos mais importantes da sua vida;
  • Outro tipo de material que lhe seja aconselhado pelo profissional de saúde, tal como cinta pós-parto, mamilos de silicone ou pomada cicatrizante para mamilos.

Na mala do bebé:

  • 4 conjuntos de roupa, cada um composto por: body interior, 1 par de meias ou calças interiores, conjunto exterior (cueiros, babygrow, conjunto camisola e calças, etc), e ainda, para o primeiro dia e o dia de saída, um gorro;Na mala do bebé:
  • Cerca de 20 fraldas descartáveis;
  • Toalha de banho, caso o hospital não forneça;
  • Uma manta ou cobertor para o dia de saída;
  • Produtos de higiene, próprios para bebé e todos da mesma marca (caso faça alergia já sabe qual a marca que a provoca e terá que alterar toda a gama) e compressas ou toalhetes;
  • Limas de papel (para limar as unhas e evitar cortes);
  • No dia de saída precisará da cadeira de transporte própria para recém-nascidos, vulgarmente chamada “ovo”, para poder levar o seu tesouro para casa.

Por Susana Carvalho de Oliveira
Direção Administrativa
Parteira de profissão e de coração desde 2011. Impulsionadora e diretora do projeto VouNascer. Desde 2006 que trabalha na área de obstetrícia, primeiramente no internamento de obstetrícia de um hospital privado, da área da grande Lisboa, e atualmente no bloco de partos e urgência obstétrica de um hospital público. É também conselheira em aleitamento materno reconhecida pela OMS/UNICEF, reflexologista e co-autora do Método Nova-Génese. Empreendedora e dedicada de natureza. Tem 2 filhos rapazes que todos os dias lhe recordam as alegrias da maternidade.