E Depois do Parto?

Depois do parto, é tempo de ir para o recobro, e depois para o internamento.

No Recobro

O recobro, ou sala pós-parto, permite uma vigilância cuidada do estado da mãe e do bebé nas 2 horas seguintes ao parto. Provavelmente ficará monitorizada, para que as enfermeiras possam ver a sua tensão arterial. Faz-se também uma avaliação do útero, das perdas de sangue, da dor e o bebé é alimentado.

É provável que nesta fase o pai não possa estar presente, uma vez que pode haver outras senhoras junto da mãe e o ambiente tem de ser calmo e protegido.

Antes de ir para o quarto, a enfermeira do bloco de partos, fará uma avaliação generalizada da mãe e do bebé. Como foi parto vaginal, ser-lhe-á retirado o soro e o cateter epidural, caso tenha feito analgesia epidural, fará ainda uma refeição ligeira antes de ser transferida.

Depois da enfermeira se ter certificado que tudo está bem com a mãe e com o bebé, é tempo de ir para o internamento de obstetrícia. Normalmente, este é um momento bastante ansiado por todos pois os pais podem receber visitas e a família pode conhecer o seu novo elemento.

No Internamento

Já no internamento, será recebida por uma enfermeira que lhe explicará a dinâmica do serviço: a que horas e onde são as refeições, quando será vista pelo médico, quando o bebé será visto pelo pediatra, quando o bebé irá tomar banho ou até mesmo quando se irá levantar. À chegada é feita também uma avaliação geral quer da mãe quer do bebé.

Em todos os turnos as enfermeiras farão palpação do útero da mãe, monitorização das perdas de sangue, e ensinar-lhe-ão a cuidar do seu bebé: amamentá-lo, dar-lhe o banho, mudar-lhe a fralda, e qualquer outra situação em que necessite de ajuda.

Consoante a maternidade em que escolher ter o seu bebé, os procedimentos podem ser diferentes mas, de uma maneira geral, entre 4 a 6 horas após o parto, fará o levante da cama, com a ajuda de uma enfermeira. E, entre 36 a 48 horas terá alta e poderá ir para casa. Caso exista alguma alteração que necessite de uma maior vigilância poderá ser necessário ficar mais uns dias internada.


Por Susana Carvalho de Oliveira
Enfermeira Especialista em Saúde Materna e Obstétrica
Parteira de profissão e de coração desde 2011. Impulsionadora e diretora do projeto VouNascer. Desde 2006 que trabalha na área de obstetrícia, primeiramente no internamento de obstetrícia de um hospital privado, da área da grande Lisboa, e atualmente no bloco de partos e urgência obstétrica de um hospital público. É também conselheira em aleitamento materno reconhecida pela OMS/UNICEF, reflexologista na área da gravidez e parto, e co-autora do Método Nova-Génese. Empreendedora e dedicada de natureza. Tem 2 filhos rapazes que todos os dias lhe recordam as alegrias da maternidade.

Comentários

Ao escolher o seu país inscreve-se na nossa newsletter para receber as últimas informações sobre maternidade, descontos e novidades.

Ops! Ocorreu um erro

Por alguma razão não foi possível colocar o seu comentário.
Por favor tente mais tarde!

Fechar

O seu comentário foi enviado!

Em breve ficará disponível. Obrigado!

Voltar à Homepage

Paty 05/24/17 7:22pm
Gostaria d saber depois d parto.Quem devemos nos acopalhar.no caso pra fazer exames ginecológicos